Publicidade

terça-feira, 24 de julho de 2012 Direto de Miami, Entrevistas, Gastronomia, Miami, Negócios, Restaurantes | 10:02

Gigante da franquia brasileira investe no seu primeiro negócio no exterior.

Compartilhe: Twitter

Por Chris Delboni | Coluna Direto de Miami (http://diretodemiami.ig.com.br)
Fotos de Carla Guarilha

O empresário paulista José Carlos Semenzato está trazendo ainda este ano uma de suas marcas de sucesso para os Estados Unidos.  Até o fim de 2012, ele promete abrir a primeira unidade do L’Entrecôte de Paris no exterior, na região da Brickell, o coração financeiro de Miami.

“Sempre resisti um pouco à expansão internacional no momento em que o Brasil tem oportunidades incríveis”, diz o empreendedor, presidente da SMZTO Participações, gigante holding de franquias multissetoriais no Brasil.

Mas há um ano e meio, quando comprou um imóvel de férias numa das torres Trump em Sunny Isles, com três suítes e pé na areia, começou a mudar de ideia e decidiu abrir seu primeiro empreendimento fora do Brasil.

José Carlos Semenzato em seu apartamento em Sunny Isles.

“Quando cheguei em Miami, comecei a pensar, ‘como é que vou ganhar dinheiro por aqui’?  Como bom empreendedor, não dá para chegar aqui só para gastar”, diz, rindo.

E quando começou a avaliar as oportunidades, chegou a uma conclusão: “O L’Entrecôte cabe aqui como uma luva”, diz, confiante no restaurante que vem fazendo sucesso no Itaim Bibi, em São Paulo, com um prato só: “entrecôte”, uma espécie de contrafilet, servido com batatas fritas e um molho secreto.

Semenzato diz que já tem um grupo de investidores para o empreendimento aqui e está negociando agora com um sócio experiente no ramo gastronômico na cidade para administrar o restaurante.

“Uma vez que o cliente entrou no L’Entrecote de Paris, ele vicia e, no mínimo, a cada 15 dias, ele tem que voltar”, diz, orgulhoso.  “Queremos criar aqui o mesmo produto, que tenha qualidade no atendimento e preço”.

Semenzato espera expandir a versão brasileira do L’Entrecote de Paris pelo mundo. Já tem algumas franquias encaminhadas no Brasil e planos de abrir até 10 unidades em cinco anos na Flórida.

Semenzato, hoje com 44 anos e um nome que é sinônimo de sucesso, conquista e superação no Brasil, possui 11 marcas, inclusive o Instituto Embelleze, um negócio que espera também trazer para os Estados Unidos no futuro.

E a SMZTO não para de crescer.

“Estamos falando de 500 franquias novas em 2012 no Brasil – é um número muito audacioso”, diz.

Sua fórmula de sucesso é inovação, pioneirismo e liderança de mercado.

“Nos setores que eu entro, quero ser líder, quero dar o melhor, quero fazer o melhor”, diz.  “Eu aprendi que você tem duas opções no mercado.  Ou você faz poeira ou você come poeira.  Eu sempre optei por fazer poeira”.

Semenzato, com Samara, sua esposa, e Beatriz, sua filha, de 15 anos.

O empreendedor conta que sempre procurou inovar.  “A cada dois ou três anos, eu faço grandes mudanças na minha vida – uma inovação, uma sacada nova, eu invento”, diz.

E assim foi desde pequeno, quando ajudava o pai, pedreiro, a carregar tijolo em Lins, no interior de São Paulo.  Com 13 anos, vendia coxinhas que a mãe fazia para completar a renda da família.  Um ano depois, resolveu fazer um curso de informática aos sábados para aprender a digitar e operar um computador.  Logo em seguida, aprendeu a programar e passou a trabalhar no ramo como analista de sistemas e à noite dava aula de computação no Instituto Americano de Lins.

Seu sogro, padeiro, tinha um computador no escritório da padaria, e percebendo a demanda dos alunos, Semenzato passou a dar aulas particulares também nos fins de semana, o que o levou ao seu primeiro grande negócio: a Microlins, que abriu aos 21 anos.

Em um ano e meio, a escola de informática tinha 17 unidades espalhadas pelo estado de São Paulo.

Na época, era recém-casado com a esposa Samara, mãe de seus dois filhos – Beatriz, hoje com 15 anos, e Bruno, com 20 anos, é tenista profissional e aluno da Duke University, uma grande universidade americana, onde estuda economia e finanças.

Tudo ia bem, até que três anos depois veio o Plano Real e Semenzato não tinha verba disponível para pagar o leasing dos computadores das escolas.  “Eu estava literalmente falido”, diz.   “Foi a minha primeira experiência negativa na vida”.

A solução que deu foi o “franchise” da marca.  “Ou eu franqueava ou fechava as escolas”, diz.  “Foi uma reestruturação generalizada, um susto tremendo.  Tive que passar alguns anos me recuperando”.

A empresa foi crescendo cada vez mais, e em quatro anos, se lançou como uma escola profissionalizante.

“A Microlins deixou de ser uma escola de informática e virou uma escola de profissões”, diz ele.  “Foi a grande sacada que realmente revolucionou o mercado”.

Em 2000, entrou no setor de telecomunicações, abrindo 150 escolas de instalações de telefones e aparelhos.  “Colocamos 30 mil homens instaladores de telefones para trabalhar nas telecomunicações”, diz Semenzato.  “Foi um momento mágico na nossa história”.

E assim foi: cada dois anos, uma inovação, até que vendeu a Microlins em 2010 com cerca de 750 franquias em vários setores de profissionalização, de informática à administração.

A familia Semenzato curte uma tarde ensolarada em Miami.

“Acho que esta minha visão de futuro, de realmente conseguir enxergar onde poucos conseguem, foi o que me moveu”, diz o empreendedor, que hoje tem como meta passar um pouco dessa visão e confiança para os jovens carentes através de um livro autobiográfico que deve ser publicado no ano que vem.

“Comprei meu jato, tenho uma mansão no interior e  um apartamento maravilhoso”, diz.  “O jovem tem que entender que foram 20 anos para construir uma história.  Não dá para fazer com menos de 10 anos uma trajetória de sucesso”.

O importante, diz ele, é ter foco, dedicação e paciência, e não deixar nunca de sonhar.

*No vídeo, José Carlos Semenzato revela o segredo do seu sucesso e a receita para o jovem empreendedor de hoje.

No vídeo, José Carlos Semenzato revela o segredo do seu sucesso e a receita para o jovem empreendedor de hoje. from Chris Delboni on Vimeo.

Autor: Tags: , , , , ,

9 comentários | Comentar

  1. -91 Rogerio Costa 26/07/2012 15:40

    Estou na busca de pessoas empreendedoras e dispostas a realizarem sonhos Meu negocio se difere dos que ja existem no mercado Com apenas 2000 reais vc ja pode operar como nosso franqueado O produto que estou lançando no mercado é o açai Ele estara disponivel em formato Lata-pac Isto siguinifica que vc acondiciona sem necessidade de refrigeraçao Nossa missao é disponibilizar o maior numero de franquias populares para pessoas que sonham em empreender Com apenas 2000 reais vc adiquire uma cota de produto açai lata,mais material de propaganda. Com suas vendas sua receita ira se multiplicar conforme o numero de comercio que atingir. Qual nosso diferencial? Nossa industria estara ligada somente a vc nosso distribuidor popular! É voce nosso élo ao comercio revendedor Nossa margem de lucro é dividida meio a meio desde a produçao até o preço sugerido Um exemplo facio de entendimento Produto custa 1,00 para produzir e voce vende a 2,00 para bares ,conveniencia etc. Este 1,00 real de lucro é dividido em duas partes Uma para a empresa e outra para vc. Imagine que no prazo de 1 ano voce adiquiriu 100 postos de vendas e que cada um venda um display com 12 latas por dia!No caso ele ira vender 360 latas mes e voce tem 100 clientes operando neste formato! Ao fazer a multiplicaçao vc observa que estará vendendo 36.000 latas mes, com ganho mensal de 1,00 real por lata. Seje inteligente,mesmo que vc venda 4 vezes menos do exemplo apresentado voce podera ter uma renda equivalente a 8.000 reais por mes. Lembres!,Se voce ficar em casa dormindo as oportunidades dificiumente ira bater a sua porta. Acordar cedo e representar sua empresa é o primeiro passo para o sucesso. Nosso produto nao lhe obriga a bater cotas e nem comprar mensalmente nosso produto Tambem nao existe taxas de franquias como a maioria delas. rogerioacai@hotmail.com Estamos a ponto de iniciar nossas metas e voce pode ser uns dos primeiros a fazer parte 11 77123824

  2. -92 Zanella 26/07/2012 5:02

    Aqui, se você ler tudo vai encontrar idéias de todos os tipos, de inteligentíssimas à mediocres (se soubesse dizer diria MEDIOCRÍSSIMAS.Com toda a sinceridade, dentro de minhas limações vou expor não o que sei, mas o que penso, a RESPEITO deste assunto, e muito mais a respeito de um home, ou melhor dizendo ainda um MENINO, (eu tenho 75 anos) . Casualmente a primeira que lí foi a numero 5 (se não faz, não tente desfazer,) pergunto o que fez de extraordinário o que escreveu essa mediocridade… Tem tanta gente precisando se fizer, doravante algo que possa ajudar HOMENS DE BOA VONTADE, RETIRO TUDO O QUE ESCREVÍ ACIMA , PEÇO DESCULPAS E TE DOU A PALMATÓRIA, é lógico, Boas idéias, ´SÓ SÃO BOAS, APLICADAS e se tornam ótimas COMPARTILHADAS. Vamos ao que realmente interessa, e como eu vejo o JOSÉ CARLOS. Antes de tudo confesso que sou gamado e admirador de pessoas inteligentes, e não consigo tracar idéias com os menos portadores dessa virtude. Agora o nossa personagem é mais do que isso,, tira seu quinhão e coloca o sócio ou franqiado no caminho de chegar onde ele chegou e ou ainda chegar e se for bom mesmo até passar … SÓ O CÉU É O LIMITE, talvez até mais do que isso.
    Parabens ZECÃO CARLÃO, Sou interessado em me tornar ainda um humilde seguidor seu, de repente entro num negócio desses com você …. vou estudar… As idéias a seguir são minhas: O DINHEIRO VALE MUITO POUCO OU QUASE NADA, O QUE VALE É O SABER….. e coloco o ZECÃO CARLÃO como testemunho disso…… Para começar quem sabe não tem medo, tem confiança em sí, não é orgulhoso e nunca se sente pobre mesmo quando está falido, uns até brincam de falir uma ou mais vezes para conhecer melhor o mundo em que vivemos, (eu mesmo faí 3 vezes, é gostoso porque você conhece bem aqueles que se dizem seus amigos) onde todo mundo pucha o saco de quem tem grana e não ajuda ninguém não se ligando em inteligentes e ainda dizem, se fosse bom seria rico… como se ser rico é alguma virtude….O SILVIO SANTOS é um cara que admiro, O DINHEIRO VAI,parece que fica mais feliz, , perdeu só a grana fica, se re-estrutura rápido se organiza um pouco mais, agrega outros valores e coloca o carro na estrada com mais segurança. Admiro o Silvio. Ele é tão bom que quiz ser presidente do Brasil,, desistiu porque não passou de 3% nas pesquisas….Entenda o resto….. Iluda-se que alguém chega lá e só faz pelo Brasil, pelos seus eleitores…….. TERIA SIDO O LULA QUE MANDOU CRIAR O MENSALÃO ? Bem quem disse isso foi o advogado do robertão caçado, aquele que denunciou o mensalão…

  3. -93 lucio antonio bezerra de melo 25/07/2012 21:32

    parabéns semenzato,que seu sucesso continue sempre crescente,é admirável ver alguém rico por empreendedorismo, por ter que provar que teve que usar ser inteligente, com esforço náo só por puro e simples oportunismo,melhor,já imaginou”utópico”nossos não digo, políticos atuais passasse a ser empreendedores desativassem a justiça do trabalho, os mps da vida, as delegações das receitas federais estaduais e municipais transferindo esses setores para a educação e saúde fazendo com que passassem efetivamente a equiparar-se ao setor produtivo sendo produtivo, gerando empregos,salários, tributos,educação,tecnologia etc todos patrocinando uma nova legislação trabalhista,tributária e educacional e mais, quantos empreendedores a esse nível e acima aconteceriam e mais,será que todos esses setores improdutivos são pagos e recebem de quem?alguém tem dúvida? e aí, que se comente!!!! ou vamos continuar submetidos e sustentando essa situação!!!!!!!!!!!

  4. -94 lucio antonio bezerra de melo 25/07/2012 20:44

    parabéns, e votos de que este empreendedor tenha cada vez mais sucesso,imaginem se, não digo nossos, mas, os politicos com mandato atualmente também aprendessem a empreender e, lançassem uma nova e ousada legislação trabalhista,empreendessem uma nova legislação tributária,um novo modelo simples de educação formando pessoal técnico de nível!desonerando setores como justiça do trabalho,receita e secretarias de fazenda remanejando esse pessoal p/ a educação,quantos homens como esse em destaque não aconteceria!mas pena,talvez só 10 a 5 por cento da população é esclarecida para votar conscientemente o que é uma pena, pq vivemos num país de familias de profissão”politco” não de políticos que o são p/ servir abnegadamente qté que houvesse algumas benesses inerentes ao cargo!!! e aí, comente-se para esclarecer os incautos.

  5. -95 tricolor 25/07/2012 19:03

    mas ele não tem tanto dinheiro…por que não comprou o carro com o teto? e no dia de chuva? vai ter que ficar na garagem e ir de onibus

  6. -96 tricolor 25/07/2012 18:59

    so num entindi o come pueira…aqui na roça, nois comi puera todo dia…di veiz em quando anda de bicicleta e faz uma pueirinha…mais o bão di tudo e vê um filho de pedreiro vence na vida…imagina a mãe do lula? deve tá dando pulo…e imagina o lula? os filhos dele tá mió.

  7. -97 tricolor 25/07/2012 18:46

    isso mermo nois brasileiro vai dominar o world

  8. -98 moacir lourenco 25/07/2012 18:22

    NAO SE ILUDEM , POIS EM MILHOES DE PESSOAS EMPREENDEDORAS A PRESPECTIVA DE SAIR UM MILLIONARIO É QUASE A MESMA QUE GANHASR NA MEGA ACUMULADA, POREM A PERSITENCIA É O MAIOR DE TODOS . MESMO QUE NAO SEJA UM MILIONARIO POREM QUE SEJA BEM SEUCEDIDO JÁ É MUITO BOM. O IMPRTANTE É NAO DESISTIR E NAO FALIR, E SEMPRE PROCURAR AS PESSOAS CERTAS PARA AS PARCERIAS, EXPERIENCIA PROPIA QUE FUI FAZER MEU PRIMEIRO EMPREENDIMENTO, DEPOIS DE SER DEMITIDO DE UMA EMPRESA, E PEGUEI AS PESSOAS ERRADAS , E MUITO CUIDADO PK NO BRASIL É OLHO NO QUEIJO E OLHO NO RATO, DEPOIS DE 5 ANOS , QUANDO PENSEI QUE TUDO ESTAVA ENCAMINHADO, FUI USURPADO POR UM GERENTE FINANCEIRO DE CONFIANÇA, ESTE É O PROPBLEMA NA HORA DE CONTAR O DINHEIRO HOJE CONTO EU E NAO MEU FUNCIONARIO, POREM AS SEQUELAS FORAM TAO GRANDE QUE HJ SOBREVIVO, AINDA AGRADEÇO A DEUS.

  9. -99 Gaspar 25/07/2012 15:49

    o caminho do sucesso todos sabem, já foi dito e escrito milhões de vezes. O problema é um fator externo, que todos conseguirão enxergar com o passar dos anos – chamado “sorte” . Que é quando todos fazem as mesmas coisa mas somente um consegue, vence. Você pode se dedicar ao máximo, mas mesmo assim não alcança o planejado. Se dúvida, é porque você venceu ou ainda não vivenciou..

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última
  6. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.